Nos dias 11 a 13 de janeiro aconteceu em Cochabamba a XXXV assembleia da vida Religiosa boliviana. Como o primeiro dia coincidiu com o final de nossa assembleia, participamos algumas irmãs. Antonieta Hernández, Ma. Angeles Iturrioz, Ana María Rodríguez e Teresa Ramírez estiveram nos dois últimos días. Sentimos perder a rica experiência vivida com a presença do Cardeal João Braz de Aviz que compartilhou o tema “Vida Religiosa hoje: Presente e futuro”. No ambiente se respirava o bom sabor que ele deixou entre as irmãs e os irmãos com sua partilha fraterna, sobretudo por sua simplicidade, transparência e sentido evangélico de vida.

O segundo dia, após a celebração da Eucaristia, foi dedicado a perceber umas pinceladas sobre a realidade do país em suas luzes e sombras em vários campos: político-social, educativo, religioso e as Novas gerações da Vida Religiosa, e os desafios colocados à vida Religiosa. À tarde, tivemos a apresentação do caminhar das várias seccionais da CBR na Bolívia reconhecendo os passos dados, as dificuldades, e os compromissos para este ano, conforme as diferentes realidades das seccionais. Terminamos o dia compartilhando o típico “apthapi” de uma das culturas do país; coloca-se uma toalha no chão e nela as comidas típicas que cada congregação levou. Realmente foi um momento festivo e de gozo fraterno que, mais uma vez, nos permitiu constatar que quando se partilha o que se tem e é tudo se multiplica em abundância e ainda sobra.
Aproveitou-se a oportunidade para felicitar com carinho e gratidão a Carlos Palmes sj que no dia 08 de janeiro celebrou 90 anos. Juntamente com Victor Codina sj, que pela manhã nos apresentou a realidade eclesial, e Antonio Menacho sj. Formam o trio jesuítico que vem apoiando fielmente a CBR. Verdadeiramente é preciso ressaltar isto, e agradecer.

No último dia, tivemos a apresentação do Plano trienal, pelo Provincial dos Jesuítas (primeiro vice-presidente da Junta Diretiva Nacional), P. Oswaldo Cerviches, a partir do Horizonte da CLAR 2016-2018, aprofundando o ícone e compromissos nos quais a CBR já vem caminhando.
Com a celebração da Eucaristia presidida pelo Cardeal João Braz finalizou-se a assembleia. O cardeal, nesta viagem passando por Bolívia, descobriu que tem no coração uma lesão de tipo congênito que ele desconhecia. Isto fez com que estivesse rodeado de cuidados, e ele agradeceu muito. Realmente sua presença e suas palavras foram muito animadoras e inspiradoras. Tivemos a alegria de contar com a participação de Ma. Inez Furtado, Clara Echarte, Graciela Francovig, na assembleia; elas foram acolhidas com carinho. Acompanharam-nas Carla Barrios, Nieves Pérez e Rommy Villarroel.L
Regressamos todas para casa e tivemos um fraternal almoço com Ma. Inez e Clara e uma gostosa sobremesa: uma conversa espiritual de irmãs que fez muito bem a todas as que estávamos presentes na Casa Provincial.

Partilhamos a CARTA QUE UMA COMISSÃO ELABOROU PARA O PAPA FRANCISCO, ENVIADA PELA CBR PARA SER LEVADA EM MÃO PELO CARDEAL JOAO BRAZ
Cochabamba, 13 de janeiro de 2017
Sua Santidade
Papa Francisco
Cidade do Vaticano

Muito querido Irmão Francisco:
De Bolívia, coração da América Latina, as Religiosas e os Religiosos da CBR chegamos ao nosso Pastor com filial saudação, que se faz oração por seu Pontificado, como expressão do carinho e comunhão que sentimos como Igreja.
Reunidos no XXXV Encontro Nacional da CBR, sob o Lema “Vida Religiosa Hoje: presente e futuro”, através da presente lhe enviamos nosso profundo sentimento de gratidão por sua paternidade para conosco expressada na presença do Cardeal João Braz de Aviz entre nós, quem com sua cercania, simplicidade e profunda humanidade abordou temas sobre a Vida Consagrada em sua realidade atual, com uma clareza e caridade que nos abriu um conjunto de desafios, e que nos movem a Ser o que estamos chamados a SER, “Testemunhas de uma maneira diferente de fazer, de atuar e de viver, sendo sinais eloquentes do Amor de Deus e Missionários da alegria do Evangelho”.
Com o que partilhamos nestes dias, queremos lhe manifestar, com gozo e esperança, que como Vida Consagrada na Bolívia, tanto ativa como contemplativa, sentimos que estamos crescendo em ser Profecia com uma presença mais a serviço dos pobres e marginalizados em uma realidade social, política, econômica e cultural, um tanto adversa à Igreja Católica que atravessa a realidade boliviana.
Ante esta realidade, nos animam os gestos proféticos de seu ser de Pastor, sua coragem para levar adiante as mudanças em sua missão,e  que se tornam luz em nossa vida cotidiana de consagrados e consagradas. Por isso lhe agradecemos profundamente a preocupação por nós e também porque continuamente nos motiva a uma vivência mais radical e coerente no anúncio do Reino.
Ao nos despedir e lhe manifestar nossa cercania e carinho, fazemos chegar nossa benção, que sempre pede, e que hoje temos a oportunidade de torná-la efetiva; e assegurando-lhe nossa oração, esperamos sua paterna benção.
Com carinho filial
CBR – BOLÍVIA (assinada pela Junta Diretiva)

0
0
0
s2sdefault