Contemplemos esta foto. Poderia ser você ou eu. Não vão fazer uma excursão, nem sequer podemos dizer que irão desfrutar. Não dá para ver mas, vão chorando. São afegãos, eritreus, e sudaneses. Viviam na chamada Jungla de Calais, o enorme campo de refugiados formado ao lado do porto francês mais próximo das costas britânicas. Ontem começou uma gigantesca operação logística, policial e mediática. Quase 1.300 agentes, centenas de periodistas e dezenas de funcionários franceses e das Nações Unidas cercaram mais de 6.000 estrangeiros que serão distribuídos pela França, à espera de que sua situação seja analisada caso a caso.
Contemplemos. Deixemo-nos afetar. Abramos os olhos do coração e do entendimento. Não somos alheios a esta realidade. Jesus é refugiado.

Leia aquí esta cronica

0
0
0
s2sdefault