A QUARENTENA: ESPAÇO, TEMPO DE OPORTUNIDADE, OUVINDO A DEUS NOS IRMÃOS

Essa quarentena nos ajudou a ser chamados para uma missão de equipe, coordenando com várias instituições: CEIL, Igreja (Bispo). Paróquias, vicariato, prefeitura, ex-alunos, famílias, diretores, professores e outros.

Isso nos permitiu realizar o sonho que nos propusemos quando fizemos nosso projeto de vida em comum: escutar, esclarecer e se comprometer, testemunhando a fé nas obras.

Com esses movimentos latentes, queríamos capturá-lo nesses dois meses e nos organizamos como uma comunidade:

Liturgia, retiro. Oração, limpeza, comida, compras, a irmã mais nova se ofereceu para cuidar dos outros. Também à tarde, levamos duas horas para diferentes atividades e compartilhamento: olhando a nossa história pessoal através de fotografias, leituras, panificação, jogos recreativos, filmes, véspera, oração comunitária.

Para crescer no bem-estar da Congregação e trabalhar com outras pessoas, foram construídas equipes de serviço nas comunidades com voluntários para preparar os almoços de solidariedade dos COMMON POTS.

Levando em consideração os riscos, nos abandonamos nas benditas Mãos de Deus e de Maria de Nazaré, começamos a olhar, ouvir, a situação de muitas famílias que não tinham para sua subsistência diária, vimos que com a sacola de alguns alimentos não bastava . Reconsideramos o fato, conversamos com algumas famílias de diferentes bairros que aceitaram a proposta de fazer um pote comum, demos a eles a comida que vinha de doações. Tendo Madre Cândida como intercessora, segundo ela, viveu confiando sempre na Divina Providência.

Começou com uma ligação do CEIL coordenada pela irmã Susana Guzmán, que incentivou a solidariedade com ex-alunos, diretores, professores e famílias que queriam enviar suas contribuições: comida, dinheiro para comprar o que era necessário...

Foi possível coordenar com os bairros: Isla del Palmar - Capilla Madre Cándida, Plano 4000 - Bairro Tiluchi, San Pedro del Palmar. Destacamos a disponibilidade das senhoras: Elena Guarachi, Elisa Pinto, Teresa Veizaga e Milthon Alavi (que atuaram como motorista para coletar as doações) deram seu tempo ilimitado para realizar essas atividades.

O padre Flavio Méndez trabalhou como coordenador como representante da paróquia e da vicaria San Pedro; O padre Raúl, pastor da Santa Cruz, colaborou com muitas doações.

O Gabinete do Prefeito esteve presente em várias ocasiões com necessidades básicas.

Tudo foi gerenciado por nós, distribuído de acordo com as necessidades. Cerca de 800 pratos foram preparados diariamente.

Graças à solidariedade de tantas pessoas, muitas famílias de baixa renda foram alimentadas por dois meses, infinitamente gratas pelo pão diário.

Nossa atitude era ser vigilante, alerta, vigilante, para que nada estivesse faltando.
O desafio foi grande, nossa força, nossa fé foram testadas, as boas vontade anda de mãos dadas com o aprendizado. Sabemos que no final da quarentena, a inserção no trabalho e nas atividades diárias estará cheia de riscos; possivelmente haverá mais infecções, mais dor, mais ansiedade, mas não podemos viver eternamente trancados.

Teremos que aprender a conviver com o vírus. Desta vez foi um julgamento. Agora é para nos proteger, para cuidar um do outro. Confiando que Deus, sua Mãe e Mãe Cândida, nos protegerão, cumprimentamo-lo com grande carinho de Santa Cruz.

 

Hijas de Jesús de Santa Cruz de la Sierra - Bolivia

 

0
0
0
s2sdefault
  • Pies

  • CG18

  • Profesores Brasil

  • Marta

  • América Andina

  • Filipinas

  • Los 90

  • Tailandia

  • Madrid Mater 1

WHO WE ARE

We are a group of women consecrated to God who have come by different paths. We live in community and move through 19 countries, wherever the needs of persons are greater.

DAUGHTERS OF JESUS

We want to follow Jesus, responding thus to a call that changed our lives and that has been transforming our way of understanding all reality. Today, being “Daughters of Jesus” is to be with Him, to contemplate life with His gaze, to try to live as He lived, to treat people as He did, to listen, to forgive and to lift people as He did, to seek with passion, like Him, so that what God wants for this world, his dream for all humanity, may be fulfilled. Our religious family feels especially called to live in a filial attitude toward God as Father, characterized by trust, confidence in his unconditional love, and praise. That face of God that we contemplate invites us to fraternity with everyone, to gratuitousness, simplicity and joy.
Organization

SAINT CANDIDA MARIA DE JESUS

She is our Foundress, a woman who relied totally on God from her sensitivity to the most needy. It was in Salamanca, on December 8, 1871, when, with five other women, her adventure began with nothing more than the trust born of the knowledge that what one undertakes is “what God wants”. In this manner and with the name of Candida Maria de Jesus, this woman of scant education and scarce material means founded the Congregation of the Daughters of Jesus in one of the most important university cities of the 19th century, in Salamanca. The exclusion of women and the economically weaker classes from the fields of education moved Mother Candida to begin this path.

WOULD YOU LIKE TO BE AN HIJA DE JESÚS?

Young... adult... Are you looking for a meaning life? We have found it in a free and generous commitment to the Lord. If you want to know more about us, we can walk together and enrich ourselves. We are here to welcome you: web@hijasdejesus.org