Queremos compartilhar as experiências realizadas em comunidade, através da participação nas redes sociais de algumas celebrações realizadas em Catamarca pelo Ano Mariano Nacional.

Os Bispos argentinos convocaram um Ano Mariano Nacional e um Congresso a ser realizado em Catamarca (Argentina) em homenagem à Virgen del Valle em seus 400 anos de presença, de 8 de dezembro de 2019 a 8 de abril de 2020. Este ano de Jubileu no palavras do bispo de Catamarca, Mons Urbanc, “é uma oportunidade para agradecer a Deus pelos 400 anos de presença ininterrupta e frutífera da imagem sagrada da pura e limpa concepção a que chamamos com ternura, Virgen del Valle. Rosto bronzeado e aflito dos próprios nativos a quem o Pai veio consolar e torcer. ”Agradeça por esse grande presente àqueles que tão carinhosamente cuidaram, cuidaram, confortaram e encorajaram todos os seus antepassados, cuidando de sua história, até alcançar um presente que cativa pela terna validade de seu amor matern. "

Celebração realizada inesperadamente em tempo de quarentena pela pandemia de coronavírus.

Nesta situação de quarentena, devido à pandemia que afeta a humanidade, a partir desta circunstância. Na Homilia para a Missa presidida no sábado, 25 de abril pelo bispo Mons Urbanc em memória da Virgem de Valle, ele declarou: "Tenho a impressão de que esta crise mundial pela qual a humanidade está passando trará uma nova ordem mundial, não como imaginávamos, e se tornará visível em todas as áreas da vida social, e podemos dizer a nós mesmos: “O passado já aconteceu porque nosso Deus Tata está fazendo corações novos: solidariedade fraterna, compaixão…. VIRGEM DEL Valle: conceda-nos a graça de ser paciente no meio de dificuldades, alegre e esperançoso nas horas de tribulação e escuridão, agradecido em triunfos e em superar problemas e perseverante em oração e tarefas diárias.

Para a nossa comunidade foi um dom, um dom do Espírito, poder acompanhar algumas das celebrações através das redes sociais: a missa de sábado, 25, onde sentimos a presença de Maria na fé de todas as pessoas e em cada um de nós que de nossa Projeto de vida e adesão a este evento, queríamos viver com renovado entusiasmo a devoção a nossa Mãe Maria Imaculada. Estrela dos nossos caminhos.

Também participamos da missa no domingo dia 26, presidida pelo bispo e vários padres ”.

Na tarde de domingo, dia 26, acompanhamos a procissão em comunidade, em clima de oração do nosso oratório.

A solene procissão em homenagem a nossa Mãe do Vale sempre foi um grande motivo para conhecer e celebrar seus filhos. Este ano, o slogan de cuidar de nós mesmos e cuidar dos irmãos é essencial. Catamarca não teve contágios, e deve continuar a fazê-lo, para a proteção da Virgem e o cuidado mútuo entre aqueles que habitam este solo abençoado. Portanto, a melhor homenagem que podemos oferecer à Virgem é ficar em casa, orar, cantar, pedir e agradecer à Virgem e seu Filho.

Na noite de 26 de abril, as portas da catedral foram abertas para iniciar a procissão histórica da Virgen del Valle, sem a presença dos fiéis, mas com uma presença virtual maciça dos devotos da Mãe Morena. O toque dos sinos da catedral acompanhou a peregrinação da imagem. As ruas estavam desertas. Alguns vizinhos se inclinaram em seus portais para cumprimentar a Mãe e prestar homenagem a ela.

A Virgem é revezada com pessoas da segurança de Catamarca. O bispo e um pequeno grupo de padres que acompanharam, o silêncio e a presença de todos que sentiram. A oração do Rosário com os gloriosos mistérios. O primeiro e o quinto oraram pelas crianças. Tudo com diferentes intenções, com testemunhos da presença e ajuda da Virgem em certas situações de algumas pessoas na cidade.

Durante a animação e com o lema: "Com Maria, servas da esperança", os guias motivaram sua oração, orando de maneira especial pelos enfermos, idosos e privados de liberdade. Eles oraram pelo fim da pandemia, pelos frutos do Ano Mariano, por aqueles que têm a responsabilidade de tomar decisões na Igreja e na pátria. Para que não falte a visão de fé dos acontecimentos, para que sejamos úteis a todos os nossos irmãos.

Silêncio sagrado, profunda e grande emoção ao contemplar a Virgem Morena acompanhando a dor do povo e da humanidade e derramando bênçãos sobre a cidade, o país e o mundo.

Na conclusão do Rosário, o bispo nos convidou a continuar a aprofundar o mistério de Maria nos próximos meses até o final do ano mariano, em 8 de dezembro, e a juntar-se a nós na oração do Ano Mariano Nacional.

O Congresso Mariano não pôde ser realizado como planejado, mas pudemos ver como, através dos diferentes meios de comunicação, muitas pessoas puderam participar e experimentar a celebração de nossos lares.

Comunidade Madre Cándida
La Plata - Argentina

 

Tradução da oração a Maria

Maria, Mãe do Povo, nossa esperança,
bela Virgem do Vale,
ajuda-nos a renovar nossa fé e nossa alegria cristã.
Você que abrigou o Filho de Deus feito carne,
ensina-nos a dar vida ao Evangelho,
a transformar a história de nossa Pátria.
Você que nos deu o exemplo de sua casa em Nazaré,
faz com que em nossas famílias recebamos e cuidemos da vida
e cultivemos harmonia e amor.
Você, que ao pé da cruz permaneceu firme
e viveu o alegre consolo da ressurreição,
ensina-nos a ser fortes nas dificuldades
e a andar como se ressuscitasse.
Vocês, que são um sinal de uma nova humanidade,
exortam-nos a ser promotores da amizade social
e a estarmos próximos dos fracos e necessitados.
Você que proclamou as maravilhas do Senhor,
nos traz um novo ardor missionário
para levar a Boa Nova a todos.
Incentive-nos a sair sem demora
para encontrar os irmãos,
para anunciar o amor de Deus
refletido na total dedicação de Jesus Cristo.
Mãe preciosa, receba todo o carinho deste povo argentino
que sempre experimentou sua presença amorosa
e sua valiosa intercessão.
Obrigada mãe. Amén.
0
0
0
s2sdefault