Do dia 4 a 13 de outubro vivemos outra experiência significativa no curso de renovação: partilhar a vida com outra comunidade. As casas do Rio de Janeiro, Montes Claros e Fortaleza no Brasil, Montero na Bolívia, e Jujuy na Argentina nos acolheram para experimentarmos a vida com irmãs de contextos diferentes dos que habitualmente vivemos e nos quais realizamos nossas tarefas. Apesar de terem sido poucos dias, todas fomos unânimes em expressar que foi uma experiência rica e que abriu perspectivas e horizontes.

Ao voltar, partilhamos o que vivemos nos diferentes contextos, e fizemos uma série de destaques em que coincidimos:

1. Sentimos estar em casa. A acolhida foi uma experiência que nos marcou profundamente. Tanto as irmãs como os leigos nos fizeram sentir parte de uma grande família que, naquele contexto, tinha rasgos e acentos diferentes dos que habitualmente vemos e escutamos em nossos países de origem onde estamos enviadas. Sentimos fortemente a fraternidade, um rasgo essencial de nosso carisma.

2. A missão compartilhada é uma realidade. Leigos e Filhas de Jesus nos empenhamos, juntos, para impulsionar e tornar realidade o Reino de Deus entre os mais simples.

3. Descobrir o bom humor para “recarismatizar” nossa vida religiosa, para sermos verdadeiras Filhas de Jesus.

4. A fé do povo simples nos evangeliza e nos faz pensar como viver em outros contextos a importância da Palavra de Deus que dá chaves para viver com sentido, e como atualizar a devoção mariana tão enraizada na devoção popular.

5. Deus vem ao nosso encontro nas situações em que menos esperamos. O coração de Deus palpita, especialmente no meio do povo simples, e nos convida a buscá-lo e encontrá-lo em tudo.

6.  Ser universal nos impele a sermos disponíveis e a confiar em Deus Pai.

Cremos que o principal objetivo foi plenamente alcançado.

Destes dias levamos, também, para os contextos em que habitualmente nós vivemos: confirmações, desafios e questionamentos.

Agradecemos do fundo do coração às irmãs e aos leigos que partilharam o que são e têm e nos fizeram vibrar com o carisma que está vivo.

Esta experiência nos compromete a viver com autenticidade nossa vocação de Filhas de Jesus compartilhando o que somos: Filhas e Irmãs.

 

0
0
0
s2sdefault